domingo, 29 de março de 2015

Patch 5.6 e a Ascenção dos Tanks!


Sabemos que muitos personagens andavam esquecidos na jungle, — em sua maioria os tanks — e o patch 5.5 veio com uma grande novidade para eles, o item Brasa de Bami que é parte da nova composição do Encantamento do Titã Ardente. Este item torna a jungle mais fácil para os tanks, dando-lhes uma quantidade considerável de vida no inicio da partida e permitindo-os  que façam os monstros neutros com mais facilidade.


Grande parte dos junglers tanks tem um grande controle de grupo e atrapalham muito o time inimigo com suas reduções de velocidade de movimento, dano em área e stuns. A ausência de um bom item para eles, que além de ter um bom custo benefício também os ajudassem a fazer sua rota de uma forma mais rápida e eficiente, fez com que estes personagens fossem esquecidos ou trocados por outros com mais dano e melhor gank no inicio do jogo.

Com a chegada deste item, vários tanks antigos voltaram com força e alguns se destacaram, tais como: Sejuani, Zac e Volibear. Todos possuem prioridades bem parecidas como iniciar as lutas, aplicar lentidão em área nos inimigos, aguentar todo o dano aplicado por eles nas team fights.




Desde o patch 5.5 até o 5.6 o que mais tem se destacado foi Sejuani, que tem obtido 57,55% de vitórias constatado pelo site Champion.gg, o que para um personagem tecnicamente esquecido é algo surpreendente. Ela ainda continua em seu trono.

 


A volta deste tipo de personagens provavelmente irá influenciar no metagame atual fazendo com que os hypercarrys sejam mais valorizados e voltem a ser mais utilizados. Alguns exemplos de hypercarrys que podem voltar com tudo seriam a Vayne e o Kog’Maw, tendo em vista que eles funcionam muito bem quando o assunto é causar dano em personagens que possuem grandes quantidades de vida.

Os dois possuem habilidades muito uteis contra inimigos que possuam muita vida, e usam em sua build o item mais importante contra personagens desde tipo: a Espada do Rei Destruído. Este é simplesmente o melhor item para remover rapidamente a vida dos tanks, já que sua passiva única tem como propriedade dar dano no inimigo baseado em sua quantidade de vida, além de também garantir mais sustentabilidade para os carregadores por conta de lhes dar 10% de roubo de vida e uma habilidade ativa que aplica lentidão no oponente alvo e cura uma porcentagem da vida de quem a utilizou.

Com tantas mudanças repentinas no metagame atual, podemos esperar novas composições com campeões bem diferentes em partidas futuras. Estas mudanças têm sido ótimas para trazer de volta personagens que a muito tempo andavam esquecidos e não eram mais escolhidos para partidas competitivas, já que seu potencial não era mais tão alto como atualmente e existiam outras opções mais viáveis que eles.

x
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial