quinta-feira, 2 de abril de 2015

A mobilidade matou o gato?


Mobilidade sempre foi algo de extrema importância no League of Legends. Campeões imóveis são mais fáceis de gankar na lane, é mais difícil gankar outras lanes com eles e tem mais dificuldade na hora de se posicionar para lutas ou iniciações. Imobilidade quase sempre tem sido um problema para muitos campeões no League, com apenas algumas exceções que tem extrema facilidade em se posicionar. Campeões como Lee Sin, Jarvan IV, Kassadin e Tristana foram muito jogados à alguns meses por causa de sua mobilidade superior a muitos outros campeões. Desde então, contudo, quatro campeões tomaram seu lugar, mudando completamente a cara do meta, e ironicamente, eles foram os últimos quatro campeões a serem lançados.

Gnar, o Yordle Pré-Histórico

Gnar foi uma escolha muito competida tanto na LCS quanto na SoloQ, e com uma boa razão: Quase tudo nele é ótimo. Na forma de "Mini-Gnar", ele pode essencialmente kitar infinitamente devido a lentidão causada pelo seu bumerangue, e sua habilidade para destruir tanks, graças a seu W significa que ele não será ultrapassado por campeões mais resistentes. Outro beneficio de seu W é o buff de movimento, o que faz kitar, criar armadilhas e perseguir muito mais fácil. Seu E contudo é possivelmente a parte mais importante do seu kit. A distancia do pulo é pouco maior que a do flash, mas se você conseguir pousar em um minion ou campeão inimigo, o alcance é muito superior ao do flash. Isso permite Gnar famar e fazer pequenas trocas com muita segurança, o que o torna uma coisinha muito chata de se gankar.

Mas quando a fase de rotas acaba é que Gnar realmente começa a brilhar. Começar uma luta é tão fácil quando contar até três. Um: carregue sua barra de fúria até pouco menos que o máximo. Dois pule usando um dos inimigos para se posicionar atrás do time inimigo. Três ulte eles numa parede, atordoando todos que forem atirados nela. Boas iniciações com o Gnar quase nunca é difícil de serem executadas. Enquanto ele decaiu um pouco devido a alguns nerfs, sua mobilidade insana faz dele uma força a ser reconhecida na top lane.

Azir, O Imperador das Areias

A mobilidade do Azir não é devida apenas a sua habilidade de se mover, mas também de conseguir inibir os movimentos do inimigo. Os soldados dele o fazem ficar sempre em segurança. Se alguém tentar ganka-lo jogue um soldado atrás de você e pule para ele. Desde que o inimigo não se ponha entre você e seu soldado, você está de boa. A ult do Azir é o que faz ele ser único, contudo. Enquanto outro campeões fazem terreno, como a Anivia, Jarvan IV e Trundle, nenhum outro elemento de terreno como o dele. Enquanto seus aliados conseguem atravessa-la os inimigos não conseguem. Eles não podem pular, usar dashes e até flashes são parados pela ult. Enquanto sua mobilidade é única e uma das menos impactantes dessa lista, continua sendo ótimo mencionar.

Kalista, a Lança da Vingança

A mobilidade da Kalista é a mais fácil de se notar e que tem mais efetividade ao ser usada. Os pulos de sua passiva são uma força que não deve ser ignorada na bot lane, e nenhum outro atirador é tão móvel quanto ela. Uma vez que ela consegue ter qualquer quantidade de velocidade de movimento, ela pode sair de habilidades em área, esquivar-se de skillshots com facilidade, passar por paredes finas para escapar de inimigos, e mover-se pela lane tão rápido quanto ela desde que tenha algo para usar auto ataques. Nenhum atirador consegue kitar como ela consegue, fazendo as suas lutas em time muito seguras. Assim como o Azir, sua mobilidade é mais do que se vê: fazendo o pacto com um suporte ou caçador não apenas ajuda a criar boas iniciações, mas também permite que seu parceiro jogue muito mais agressivamente. Se ele se complicar, apenas puxe-o para segurança, e se ele achar bom, é fácil re-iniciar uma luta.

Rek'Sai, a Escavadora do Vazio

Rek'Sai possivelmente o campeão com a maior mobilidade do jogo, disputando até com Lee Sin que por muito tempo manteve esse titulo. Enquanto necessita de certa preparação, Rek'Sai pode rapidamente deixar tuneis por toda a selva, fazendo seu tempo de limpeza dos campos incrivelmente baixo e aumentando sua pressão no mapa. Sua ult é praticamente um teleporte, o que significa que você pode estabelecer uma pressão enorme no mapa, indo de uma luta na bot lane até um gank na top, tudo em questão de segundos. Junte isso com sua habilidade de arremessar ao ar seus inimigos em area, seu poke de distancia alta, poder localizar inimigos junto com seu dano alto em inimigos isolados ou em grupos, e você tem uma combinação mortal.


Bom ou ruim?

Nós todos vimos os designers ficarem cada vez melhores no que diz a fazer campeões coesos, onde suas habilidades todas levam a um mesmo propósito. Com suas habilidades de design moldando campeões cada vez mais interessantes, poderosos e mais importante, divertidos, um efeito negativo começa a surgir de forma quase imperceptível. Campeões antigos estão ficando para trás: Warwick, Ryze, Tryndamere, todos que foram extremamente fortes agora tem sido substituídos por seus irmãos mais novos, e grande parte disso se deve à mobilidade. Esse campeões dos quais escrevi são muito moveis se comparados a outros, o que causa um choque no meta atual. Por que jogar outros campeões menos móveis quando se mover pelo mapa é tão importante. Por que escolher Ashe quando a Kalista aplica lentidão no lacerar, controle de grupo na ult e uma habilidade monstruosa para esquivar-se de skillshots lançadas em sua direção? Por que escolher Elise quando Rek'Sai tem uma pressão no mapa muito maior? Por que escolher um top laner, tank ou causador de dano quando você pode escolher Gnar e ter o melhor dos dois mundos?

Mobilidade abriu um grande buraco no meta atual, que deve ser tampado o mais rápido o possível. Felizmente ( ou não ) os buffs para tanks da selva fizeram que a mobilidade não fosse tão diferencial, pelo menos por enquanto. Será que esses campeões irão ser como Sion ou Soraka que receberam uma atualização total para algo muito melhor do que eram anteriormente? Ou será que serão deixados parados para sempre na tela de seleção de campeão, lentamente pegando poeira.

Fonte: Dignitas


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial