segunda-feira, 6 de abril de 2015

Hai fala sobre a relação comunidade/pro players


Eu estava assistindo a recente entrevista que a Riot fez com Cop, e ela me fez pensar sobre a quantidade de jogadores que tiveram e têm que lidar com tanto ódio durante suas carreiras. Você pode até pensar que o "ódio" seria especifico ao jogo, coisas como: "Tomara que ele seja substituído, esse cara é horrível, só faz feedar, ele está afundando seu time, só é carregado", coisas exatamente assim, certo? Nope! Eles vão muito além disso, eles comentam na sua aparência física, sua atitude, e quase tudo que podem falar de você quando na verdade eles não sabem nada de quem você é.

A primeira coisa que as pessoas dizem para você retaliar o "ódio" é apenas deixar pra lá. Sim, é só isso!! Apenas "deixe pra lá" é o conselho que nos é dado pela comunidade sobre as mensagens de ódio que recebemos. Agora, assista o vídeo do Cop de novo, antes de ele ser profissional, segundo ele mesmo, ele era introvertido e não tinha muitos amigos. Eu duvido muito que ele era acostumado a ser odiado por MUITA gente. É muito difícil ignorar as coisas que as pessoas dizem de você e para você, e sempre será. Com tamanha interação que fazemos no twitter/reddit/facebook, é difícil mesmo ignorar se todo lugar que você vai, tem pessoas falando mal de você. Isso fez com que incontáveis jogadores se aposentassem porque não conseguiram lidar com o stress que vem junto de ser um profissional. As pessoas também tentam nos comparar a profissionais de esportes tradicionais/celebridades, eu imagino que eles recebem ainda mais "ódio" que nós, mas a diferença que vejo entre pros do eSports e eles é que a maioria deles fazem 10x mais dinheiro que nós e não interagem tanto nas redes sociais quanto a gente. É muito mais fácil ignorar pessoas mandando você se matar quando se tem milhões no banco, comparado a alguém que não tem nem seis dígitos ainda.

O que me deixa pensativo é: Por que somos ensinados a não ligar para as mensagens dizendo que somos lixos e que deveríamos nos matar ao invés de ensinar as pessoas que elas não deveriam falar essas coisas? Eu compreendo perfeitamente quando seu jogo é criticado, coisas como dizer que jogador X deve trabalhar mecânica/champion pool/visão no mapa. Contudo, existem muitos ataques pessoais que são completamente desnecessários e são esses que os pros mais recebem.

Respeito muito pro players que estão jogando faz tempo e não tiveram muito sucesso, é bem provável que receberam muito ódio/negatividade e para eles perseveraram através de todo isso e por tudo que se passa dentro de um time. Isso requer muito deles e não é algo fácil de se fazer. Quando se está ganhando, você não recebe tantas mensagens ruins e se você se receber, você pode olhar seus placares e se livrar do que os outros dizem, uma vez que está vencendo. Quando se perde, a historia é completamente diferente.

Tudo o que eu quero dizer é que mesmo com todos os aspectos negativos de ser um pro player e interagir com a comunidade, espero que outros pros se esforcem em focar no lado positivo. É normal se sentir fraco as vezes, desde que você possa encontrar algo ou alguém no seu time que possa te ajudar sempre que estiver triste. Apenas lembre-se de que é bem provável que você tenha mais fãs que te suportem do que pessoas que te odeiam. Esperançosamente, a comunidade irá fazer o seu melhor para limitar seus comentários sobre nós, falando apenas do jogo e deixando o ódio de lado.

Fonte: SimplyHai





Kisuke

Sobre o autor:


Pseudo-AD Carry, feeder profissional, tradutor da Pwn3ed e babaca nas horas vagas.

Redes Sociais :
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial