domingo, 26 de abril de 2015

KaBuM ameaça processar Keyd Stars por transferência de esA



A Kabum se pronunciou, no inicio da tarde desta sexta-feira (24), sobre a saída do AD Carry André "esA" Pavezzi de sua equipe de League of Legends e ameaçou processar o Keyd Stars por não ter pago a recisão contratual do cyber-atleta.

De acordo com o comunicado da organização, a multa pela quebra de contrato deveria ter sido paga até as 12 horas dessa quinta-feira (23), mas o Keyd Stars não cumpriu com o acordo até o momento.

"A Kabum e-Sports ja iniciou o trabalho com o seu departamento jurídico para realizar todas as medidas cabíveis contra o Keyd Stars e o jogador André Pavezzi, por meios judiciais e ações de impedimento de quaisquer participações a aparição do Keyd Stars, contratante do jogador em questão, em competições de League of Legends, até que as cláusulas estabelecidas em contrato sejam integralmente cumpridas" , informou a empresa.

Leia mais: esA deixa a Kabum e acerta transferência para o Keyd Stars (clique aqui)

No comunicado, a organização disse que "tentou por inúmeras vezes contato com os representantes da Keyd Stars, dentre eles o manager que foi responsável pela negociação e contratação do jogador, mas não teve qualquer resposta ou contato".

O MyCNB procurou o manager do Keyd Stars, Renan "Philip" Philip, para falar sobre as ameaças. "Tendo em vista o modo hostil com que a Kabum e seus diretores tomaram as negociações desde o início, com ameaças infundadas tanto para o Keyd quando ao próprio atleta, preferimos por agora não citar nada das negociações nem sobre o processo. Os departamentos jurídicos de ambas as empresas com certeza já estão trablhando no assunto e não temos a política da Kabum de expor tais atos", declarou.

            AD Carry está no centro de uma polêmica entre Kabum e Keyd Stars (Foto: Divulgação)

Transferência

O anúncio da saída de esA da Kabum e transferência para o Keyd Stars foi antecipado pelo MyCNB. Ele será o substituto do sul-coreano Kim "Emperor" Jin-hyun, que saiu do time junto com o compatriota Kang "Daydream" Kyung-min (jungler).

EsA integrava a comissão técnica da Kabum desde dezembro do ano passado, mas preparava-se para seu retorno ao cenário competitivo depois de um ano de suspensão pela prática de elojob - quando um jogador recebe dinheiro para upar o nível da conta de terceiros, o que é proibido pelas regras do jogo. Ele formaria dupla com o Support Pedro "ziriguidun" Ferreira, que também estava banido. Entretanto, esA preferiu sair da organização por estar inseguro quanto a classificação da Kabum para o 2° Split do Campeonato Brasileiro (CBLoL) 2015 e por ter recebido uma proposta melhor do Keyd. Ele deixou a gaming house da equipe na ultima terça-feira (21).
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial