terça-feira, 2 de junho de 2015

[Opinião] Vitória da Dignitas, sorte ou futura ascenção?



Domingo, 31 de maio de 2015, segundo dia da primeira semana da LCS Norte América. Dignitas, vindo de uma derrota apática no dia anterior no lado azul, Cloud 9, vindo de uma vitória esmagadora em cima da TSM no lado vermelho. Com First Pick na Kalista parece que a estratégia é aquela de sempre: focar os tier god's. C9 devolve o pick do ADC com Thresh e Rek'Sai (uma ótima rotação de escolhas), garantiu um suporte de muita utilidade em todas as fases da partida e um dos caçadores da selva mais populares no meta atual. Com Gragas banido fica meio óbvio as possibilidades para a escolha do campeão responsável pela Selva da Dignitas: Sejuani ou Evelynn. Então as surpresas começam. Zac na Selva. Ninguém botou fé na escolha do Jungler Azingy. Como respeitar a escolha da gosma verde tendo outras opções que encaixariam muito melhor na composição?

Zac não foi a pior escolha possível. Se bem jogado, e com muita visão ele pode ser devastador. Entretanto, foi o Azingy que escolheu o Zac, não o Meteos da C9 (conhecido por trazer o Zac para o competitivo). Acredito que todos desacreditaram essa escolha devido ao time que escolheu o campeão. Teoricamente a Dignitas seria o pior time da LCS e devido sua horrível participação no primeiro split, muitos acreditam que nem deveria ter voltado para a liga após sua vitória nem um pouco convincente na série de promoção. Esse mesmo time que não fez nenhuma modificação de line-up de um split para outro. Então me explica. Como? Como eles ganharam da Cloud 9, considerado por muitos o melhor time da região?

Se você não assistiu a partida, vale a pena, confira abaixo:



Como? Mas como? Me diz por favor, COMO?


Talvez o pior de tudo é que temos uma explicação bem plausível para a vitória da Dignitas, que se dá por três fatores bem simples: estudo, subestimação e expectativa.

A Cloud 9 vem nesse split com um novo mid laner, o IncarnatiOn, que por sinal fez uma partida sublime no sábado (30/05) contra a TSM que, com a ajuda do seu time botou o Bjergsen no bolso, sim o Bjergsen. Toda a line-up da C9 estava confiante para jogar contra a Dignitas, afinal, se ganhamos do atual campeão no primeiro jogo, como não vamos ganhar do provável lanterna!? Essa "subida no salto" talvez tenha sido o único erro que o time favorito tenha cometido durante o jogo. O público não acreditava, os analistas não acreditavam, os jogadores não acreditavam, nem sequer aquele que aqui escreve acreditava, simplesmente ninguém tinha a expectativa que a Dignitas levasse a melhor. Essa é a subestimação.

A Dignitas não tinha pressão nenhuma para jogar a partida. Como ninguém acreditava no potencial dos jogadores e potencial do time como um todo a pressão fica tendendo a zero. Se não tem pressão, as tomadas de decisão se tornam muito mais precisas. Isto se tornou visível em menos de 4 minutos de jogo, onde um gank surpreendente do Azingy (lembra daquele Zac que ninguém acreditou!?) trouxe o First Blood para a Dignitas, dando ouro extra para o lado azul. Dois minutos depois Azingy aparece de novo e da mais um abate para o seu time. Em 6 minutos temos uma Kalista começando a "snowballar". Aos 8 minutos Gamsu rouba um dragão com o Bumerangue do Gnar. A partir deste momento começamos a notar a pressão em cima da Cloud 9 e a tranquilidade e frieza em cima da Dignitas. Essa é a expectativa.

Agora o principal motivo que trouxe a vitória merecida para o time mais menosprezado da LCS: o estudo. Em teoria é fácil bater times mais fortes, devido a sua maior visibilidade no cenário conseguimos estudar com mais eficiência suas falhas e pontos fortes e criar um plano de ação para ganhar o jogo. Claro, isso é somente na teoria, em que não contamos com as mecânicas de cada jogador. Nesse confronto não foi diferente, ou vocês acham que a C9 estudou tanto a Dignitas, quanto estudou a TSM para as partidas desse final de semana? Com certeza a C9 focou seus esforços em ganhar da TSM que acabou menosprezando o poder da Dignitas. Assim foi unido o útil ao agradável: a falta de estudo da C9 sobre os jogadores da Dignitas e o excesso de estudo e análise da Dignitas em cima da C9. Conhecendo seu adversário e jogando sem pressão não tem como dar errado. O time da Dignitas mostrou um jogo espetacular, forçou a C9 a errar e puniu por cada erro forçado. Esse é o estudo.

Será que tudo não foi uma jogada de sorte?


Murphy (não o Eddie) teorizou que quando algo tende a dar errado, ele dará errado! A regra não pode ser refletida? Quando algo tende a dar certo, ele vai dar certo. Foi isso que aconteceu no confronto da Dignitas com a Cloud 9. O time que entrou confiante, com uma estratégia fixa em mente e uma excelente execução ganhou. E por incrível que pareça, estou falando da Dignitas.

A estratégia adotada pelo time Dignitas foi o efeito dominó. Desabilitando um jogador por vez, tornando possível o snowball da partida. Começando pelo AD Carry da C9, o Sneaky. Em menos de 6 minutos de jogo sua Ashe já estava completamente fora da partida. Com isso, o Thresh do LemonNation não podia fazer roamming e ajudar as demais rotas. Dois Minions, um Golpe Malígno. Com a dupla desabilitada, Meteos e sua Rek'Sai teria que focar seus esforços em ajudar seus companheiros a voltar pro jogo. O que fazer então? Counter Gank! Azingy estava tão presente na partida que a Rek'Sai não apareceu nenhuma vez eficientemente. Se seus ganks não geram ouro ou desabilitam feitiços de invocador, você está perdendo tempo que poderia ser investido em farm. Logo, 3 desabilitados. Sem atividades do Jungler na lane Gnar x Maokai o ente retorcido levou a pior, não conseguindo impor pressão e sem itens para fazer a linha de frente do time, tendo assim 4 jogadores desabilitados. Em 20 minutos de partida, a única esperança da C9 era o novato IncarnatiOn. O que acontece quando geramos muita expectativa? Respondi isso lá em cima: Pressão!

Com 4 jogadores visivelmente fora da partida e o quinto muito pressionado, não havia como termos outro resultado. GGWP Dignitas!

O que esperar para as próximas semanas?


Por mais que tenha todos os méritos da vitória, a Dignitas ainda se mostra um time muito inconstante. Se eles se prepararem todas as semanas do modo que se prepararam para enfrentar a C9 é possível que eles briguem por uma posição nos play-offs, entretanto, ainda é muito cedo para dizer que eles vão brigar pelo título (hoje acho improvável). Esse Split de verão da LCS começou realmente muito embolado e vamos precisar acompanhar os próximos capítulos para termos análises mais assertivas. E você, o que achou da vitória da Dignitas, sorte ou mérito? Deixe sua opinião nos comentários!

Até a próxima o/


Este artigo não representa a posição oficial da Pwn3ed. Suas informações são de total responsabilidade do autor.


Hiro

Sobre o autor:


Analista e escritor de E-Sports, Casado com a AD Carry mais sexy do Brasil e trabalha nas horas vagas .

Redes Sociais :
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial