quinta-feira, 22 de outubro de 2015

[Opinião] Afinal, o que é Kindred?


"Ele dividiu-se em dois com um machado, para que sempre tivesse um amigo."

  Kindred não é o campeão mais fácil de ser compreendido como um todo. Outrora uma única entidade, foi partido em dois por si próprio para suportar a solidão, seu eterno fardo. A piedade e compaixão se concentraram na figura da ovelha, que propõe uma morte serena e indolor ao alvo. A brutalidade e o desejo por sangue deram origem ao lobo, que tenta suas vítimas a escolher uma disputa selvagem pela própria vida, que pode ser prolongada por hora, mas chegará mais carnívora a cada minuto adiado. É, amigo... E você achando que entender a Revolução Industrial era difícil.

  O campeão (ou campeões, vai saber...) já causava polêmica desde a sua primeira divulgação. Ressurgiu das cinzas o tópico "Dha'ma" nos fóruns do mundo inteiro quando foi acrescentada ao PBE uma espécie de marca, que aparentemente representava o "bem" e o "mal" sobre a cabeça de diferentes personagens no início das partidas. Tudo indicava que a Riot Games produziria, pela primeira vez, um campeão baseado em um projeto feito pela comunidade. Mas essa ilusão não durou muito; logo, a empresa desmentiu o boato. Mas as deduções e teorias continuavam surgindo a todo momento nos fóruns dos servidores.

  Mesmo a Riot não tendo esclarecido completamente o campeão, para mim parece claro: Kindred representa a morte. Em sua lore (e até nas próprias falas), o lobo e a ovelha são identificados como os inevitáveis, ou aqueles dos quais não se pode fugir. Juntando essa informação ao fato de que ambos são as "metades" de um ser original que não poderia desenvolver qualquer tipo de vínculo com outras criaturas, torna-se plausível supôr que o lobo e a ovelha são os frutos da fragmentação do anjo negro. Eles são um só, e não uma dualidade, como a maioria dos jogadores pensa.

  Após uma rápida leitura da lore principal do campeão, pude perceber que os Kindred estiveram presentes em todas as mortes ocorridas na história, porém nem sempre se apresentaram à vítima. Ao que parece ser, o lobo e a ovelha só se expõem ao condenado em casos específicos, quando a morte não pode ser explicada, causada pela velhice ou por uma ocasião qualquer. Isso fica claro em um trecho da sua história:

"O último suspiro de um soldado veio junto de um inacabado consentimento, ao mesmo tempo em que seu escudo cedeu à força de um pesado machado. Presa em seu coração jazia uma única flecha branca, faiscando com brilho etéreo."

  Se lermos essa parte da lore atenciosamente, podemos perceber que mesmo quando a morte pareceu ser causada por um intermediário, quem tomou o último suspiro do guerreiro foram os Kindred. Em resumo, é possível afirmar que a vítima só é levada a óbito quando o lobo ou a ovelha aceitam tomá-la; caso contrário, ela viverá, independente das suas condições. Em suma, com essas informações, o meu pensamento final é de que o lobo e a ovelha são os polos extremos da morte, e também os únicos causadores desta. Nada, nem ninguém pode tirar a vida de um indivíduo a não ser os Kindred. Observando de modo geral e dentro de um contexto, é possível afirmar até mesmo que ambos são uma espécie de "deus" dentro do universo do LoL, possuindo onipresença e onisciência. Afinal, para levar alguém "pro lado de lá", é necessário no mínimo ter consciência do seu estado; além de que, como bem sabemos, várias criaturas morrem todos os dias, algumas no mesmo horário. Se a ovelha ou o lobo só conseguem matar fisicamente, eles precisam, no mínimo, estar no recinto para executar a façanha. O problema é que nem todas as vidas são tomadas no mesmo lugar...

  Vale ressaltar que essas são apenas teorias acerca da lore do campeão, sendo assim, nenhuma informação é 100% correta ou inquestionável. Cabe a nós, a comunidade, debater sobre essas hipóteses e encontrar uma que seja a mais plausível para explicar a origem e a finalidade dos Kindred ou esperar que a Riot Games divulgue sua lore por completo. É interessante imaginar histórias sobre os campeões, não posso negar, mas é igualmente prazeroso ter conhecimento sobre tudo da sua vida para tentar compreender Runeterra como um todo. Narrativas são tão importantes em um jogo quando a própria plataforma.

  Gostou do artigo? Concorda ou discorda de alguma coisa? Escreva seu comentário aqui em baixo, para debatermos sobre os Kindred. Até a próxima ;)



Este artigo não representa a posição oficial da Pwn3ed. Suas informações são de total responsabilidade do autor.

Jaum

Sobre o autor:


Redator da Pwn3ed, nascido no interior de São Paulo. E não, eu não falo poRteira.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial