sábado, 31 de outubro de 2015

SKT Bi campeã do Mundial de League of Legends 2015!!

    (Time da SKT T1 levanta a taça após conquista)


A SKT T1 conquistou o título do mundial ao bater a KOO Tigers por 3x1 e fatura o bi campeonato de League of Legends. Com um público de aproximadamente 17 mil pessoas no ginásio Mercedez-Bens Arena, em Berlim, na Alemanha, Lee "Faker" Sang-hyeok torna-se a única equipe a faturar o mundial duas vezes. Fnatic em 2011, TPA em 2012 e Samsung White em 2014 foram as demais equipes a conquistar o mundo de LoL.


O Jogo - 1
SKT T1
Bans:
Tahn Kench
Kalista
Morderkaiser

Picks:
MaRin - Rumble
Faker - Kassadin
bengi - Rek' Sai
Bang - Sivir
Wolf - Shen

KOO TigersBans:
Renekton
Elise
Gankplank

Picks:
Smeb - Riven
kurO - Lulu
Hojin - Lee Sin
PraY - Jinx
GorillA - Alistar


O cenário é simples: a KOO Tigers tem como seu defeito a fase de rotas, isso todos já sabem. Então, na tentativa de tapar este buraco, os Tigers tentaram colocar pressão nas rotas escolhendo Lulu mid com Teleport contra o Kassadin de Faker com ignite, e Hojin com seu conhecido Lee sin. Já a SKT vem para a partida invicta, tanto de derrotas como inibidores! A equipe mais próxima de vencer foi a Origen, que ao menos derrubou T2 da SKT, e só.


O First Blood veio numa rotação equivocada de bengi e Wolf. Juntos com Bang, o trio da SKT tentou cercar o Alistar de GorillA, mas instantaneamente KurO e Smeb vieram de teleport nas wards posicionadas no river e perto da brush do top. Wolf e bengi tentaram escapar pela parede usando seu flash, mas a Lulu e Riven com seus controles de grupo abateram Wolf que se sacrificou para salvar seu amigo da selva. O detalhe foi o tanto de spells utilizadas: Flash's de Smeb, KurO e GorillA que também usou seu Exaust. Isso somados aos teleports do mid e do top!


A SKT tentou dar o troco, cercando PraY na torre do topo com Wolf, Bang e Faker. O mid laner forçou os dois feitiços do PraY, mas não evitou que morressem para o ADC da KOO que assegurou a kill com os golpes da torre.


A SKT tomou o controle do jogo quando deu engage na bot lane, com Wolf e Bang que partiram pra cima de PraY e GorillA. MaRin com seu Rumble, veio por trás com teleport, mas demorou um pouco a chegar para a luta. Com Faker vindo pelo River e KurO com seu teleport vindo da base, a luta terminou com double kill para MaRin e um abate para o ADC Bang. Smeb não tinha seu teleport disponível. Nisso, a SKT fez o primeiro dragão da final.


A KOO Tigers esboçou uma reação ao fazer um dive na bot lane e garantindo uma kill para o Lee Sin de Hojin, mas em resposta, Faker e Wolf (usando a ult do Shen) rotacionaram para o top, matando a Riven de Smeb e garantindo uma kill para o mid laner da SKT. A vantagem da SKT era até então de 2k de gold. Que aumentou com o segundo dragão feito aos 16 minutos de jogo.


Já na briga pelo terceiro dragão, que foi feito pela KOO Tigers, o seu primeiro, a SKT deu o engage e se saiu muito bem, garantindo 3 eliminações contra apenas uma realizada por Hojin. Depois, em uma falha de recuo da KOO, a SKT garantiu 4 kills na mid lane e aumentou a vantagem no placar, que agora era de 12 x 4.


Na luta pelo balão, Faker e companhia garantiram o buff e ainda levou mais 3 kills na tentativa de contestação da KOO. Quando o primeiro inibidor da KOO foi abaixo, o placar mostrava 16 x 5 para SKT, que apenas aproveitou o buff, rotacionou para mid e garantiu a primeira vitória da MD5.



O Jogo - 2
SKT T1
Bans:
Elise
Morderkaiser
Gangplank

Picks:
MaRin - Rumble
Faker - Lulu
bengi - Jarvan IV
Bang - Tristana
Wolf - Alistar

KOO TigersBans:
Renekton
Kalista
Tahn Kench

Picks:
Smeb - Fiora
kurO - Viktor
Hojin - Rek' Sai
PraY - Kennen
GorillA - Shen


A SKT adotou uma estratégia bem eficaz fazendo com que Wolf, com seu Alistar no começo da partida, "atrapalhasse" a double jungle de Hojin e Smeb, provocando e até conseguindo evitar que a dupla fizesse o buff do azul. Então veio uma jogada até que inusitada: Wolf usa seu combo de Flash + Pulverizar e pega a dupla, que foge dos lobos e antes que chegassem as torres T1 e T2 do mid, recebem o engage de bengi e MaRin. Bengi porém erra seu combo e acaba dando um dive lv 2 bem desastroso, garantindo o First Blood para Hojin. MaRin ainda usou seu flash para garantir a kill em Smeb, mas também foi morto pela torre e o abate ficou com o top laner da KOO. Sabendo da ausência do feitiço, a KOO aproveitou e, com um dive 3x1 na bot lane,  garantiu uma kill para Hojin. Bengi errou mais uma vez tentando ajudar seu companheiro, mas chegou depois da morte de MaRin e também foi "divado" (ai que diva kkk) e morto por GorillA, que morreu logo em seguida pelo golpe da torre. A vantagem foi ampliada quando KurO, rotacionando pelo mapa, garantiu 3 kills (uma em cada situação, e não de uma vez só), deixando seu Viktor bem forte. Contudo, em uma luta solo, foi neutralizado por Faker e sua Lulu.


Aos 19 minutos, a SKT garantiu seu primeiro dragão, controlando a visão daquela região e fazendo boa rotação. A KOO em contrapartida, responde com uma torre no mid. Mas ai o jogo toma rumos diferentes: uma rotação errada da KOO deixa GorillA e Smeb em apuros, enquanto Bang com sua Tristana, vai levando a T1 e T2 do bot. Não satisfeitos, ainda fazem uma call de dive na bot lane e acabam cedendo duas kills para a SKT, uma para MaRin e outra para Bang. A essa altura, a SKT vira em torres e derubam sua 4° torre no jogo contra 3 da KOO. Aparentando nervosismo e tentando esboçar reação, a KOO tenta levar a T2 do top e faz um dive em MaRin, deixando a kill para KuRO e seu Viktor. Bengi responde com o segundo dragão da SKT.


A jogada decisiva foi aos 35 minutos: Call de baron pela KOO, que aproveitou o retorno a base da SKT para controlar a visão daquela área e iniciou a tentativa do buff. Mas Faker e companhia chegaram a tempo de iniciar uma Team Fight antes do buff ser conquistado e transformando a luta em 6 x 5 (sendo que o baron deu muito dano no time da KOO). Resultado: buff de baron para SKT e mais 4 kills. Smeb tentou fazer o dragon solo, mas Bengi chegou a tempo da base para contestar com seu golpear. Depois disso, a SKT apenas rotacionou para as torres restantes e, conquistou assim, sua segunda vitória.



O Jogo - 3
SKT T1
Bans:
Elise
Renekton
Gangplank

Picks:
MaRin - Rumble
Faker - Lulu
bengi - Rek' Sai
Bang - Sivir
Wolf - Alistar

KOO TigersBans:
Morderkaiser
Kalista
Tahn Kench

Picks:
Smeb - Fiora
kurO - Kassadin
Hojin - Lee Sin
PraY - Ashe
GorillA - Thresh



Tudo ou nada, essa foi a frase para a KOO. pickando sua melhor composição com Thresh e Ashe no bot, a equipe foi atrás de tentar reverter o que parecia impossível e até então histórico, virar uma final de mundial perdendo de 2 x 0. Mas esse jogo foi o melhor, pois nunca vi tanta coisa legal. Senhoras e senhores, nesse jogo aprendemos duas coisas: que a SKT tem o espírito HUEHUE em seus corações, pois o tanto de erros bobos cometidos nesse jogo foi inacreditável. Parecia que meu time, a TLN (The Lemon Nadas) entrou no lugar de Faker e companhia e com isso transformou em SKTLN.
A segunda lição foi uma aula para qualquer suporte de como jogar de Thresh, fornecida gratuitamente por GorillA. Parecia que a mastery Ronaldinho Gaúcho estava em seu kit, pois só faltava seu hook fazer curva Like a Diana! Pra quem leu estes meus comentários acha que estou exagerando, mas analise a seguir o ocorrido.


Aos 5 minutos de jogo, Bengi tenta invadir a jungle perto da mid lane, mas da de cara com o Thresh de GorillA, que usa sua sentença para prendê-lo. A KOO rotaciona para aquela área e garante nada mais nada menos que um ace não oficial, pois a equipe da SKT foi de um em um tentar salvar o companheiro anterior morto, concedendo assim 4 kills para o Lee Sin de Hojin e uma kill para a Ashe de PraY. Foi tão inusitado que mais uma vez lembrei de meu time, pois cada integrante da SKT chegou um em um até morrer todos o que chamamos no nosso time de TLNisse. Mais tarde, Faker ainda foi solado por KurO no mid.


O primeiro dragão foi feito pela KOO aos 13 minutos, com um placar gritante de 7 x 1. PraY não estava conseguindo encaixar suas ultimates, sua marca registrada neste mundial (RIP Kami e fail Cleanse). Em compensação, GorillA foi rotacionando pelo mapa, distribuindo sentenças e garantindo kills a seu time. Realmente um show de skillplay. Aos 20 minutos, o segundo dragão foi conquistado pela KOO, que contou com ótima ultimate de PraY que parou a Rek' Sai de Bengi evitando assim, o que seria um roubo de dragon, alem de garantir mais um abate. A torcida então começou a apoiar a equipe de KurO e companhia, gritando e incentivando o time.


Aos 23 minutos, a KOO leva a T2 do top e garante mais duas kills, aumentando assim a vantagem e consolidando um placar elástico de 13 x 2. A equipe deu a entender que iniciaria um barão logo em sequência e começou a controlar a visão daquela região. A SKT que já estava com todos vivos correu para tentar impedir, mas foi "baitada" e amargou mais três mortes, contra apenas uma da KOO. Destaque para o flash do Faker dando de cara com a parede e quebrando os dentes da Lulu nela. Total de 16 x 3 kills para KOO e 8k de gold em vantagem.

Aos 28 minutos a KOO consegue o que time nenhum, nem mesmo a Origen conseguiu no campeonato: deu um ace na SKT, perdendo apenas dois membros, GorilA e Smeb, sendo que o último ficou sem o buff do baron (GorillA nasceu a tempo). Então, o improvável retorno da SKT começou quando a KOO fez uma rotação horrível no mid tentando levar a T3, mas tomou o engage e viu GorillA e PraY ser eliminados. Smeb escapou e dirigiu-se ao bot para fazer o split push. Na tentativa de derrubar a T2 do mid, a SKT conseguiu mais dois abates com Faker e Bang. Smeb deu um fôlego a KOO, derrubando o primeiro inibidor da SKT no campeonato depois de solar MaRin. Mas o susto parou por ai, a KOO conseguiu o 4° buff de dragao, faz um ace contra a SKT e respira na final, quebrando a invencibilidade da SKT e fazendo 2 x 1 na série!



O Jogo - 4
SKT T1
Bans:
Fiora
Morderkaiser
Gangplank

Picks:
MaRin - Gnar
Faker - Ryze
bengi - Elise
Bang - Sivir
Wolf - Alistar

KOO TigersBans:
Renekton
Kalista
Rumble

Picks:
Smeb - Lulu
kurO - Kassadin
Hojin - Rek' Sai
PraY - Ashe
GorillA - Tahn Kench


Aparentando mais confiança, a KOO veio para mais um vale tudo, agora com Tahn Kench na bot lane e Lulu no top. A SKT parece ter recebido o aviso se que iria perder seu trono se subestimasse seu adversário mais uma vez. Ao contrario dos demais jogos (com exceção do 2° jogo), tivemos a fase de rotas tradicionais, onde nenhum dos times levou torres precocemente e a bot lane era a tradicional, com suporte e ADC. Acabou resultando em um jogo mais analisado do que agitado.


Contudo, aos 9 minutos,  Faker acabou mostrando sua caixa de ferramentas e conquistou o First Blood em cima de Hojin, que tentou um gank um tanto duvidoso. De Ryze, o mid laner bateu a mão em todas as teclas possíveis e garantiu o abate com seu Ryze. KurO tentou ajudar mas miseravelmente falhou, só que não morreu. Dois minutos depois, a SKT garantia seu primeiro dragão sem contestação alguma. Mais dois minutos e uma rotação de quatro jogadores garantiu uma kill para Bang e sua Sivir, em cima do Tahn Kench de GorillA. Faker então mostrou que não estava de brincadeira, começou a "viajar" pelo mapa com seu teleport, garantindo kills e ajudando seu time a se fortalecer. Aos 18 minutos, a SKT já garantia seu segundo dragão, mais uma vez não sendo contestado pela KOO.


O jogo estagnou, e só teve algum lance importante aos 23 minutos, quando Faker sola KurO na bot lane. Enquanto isso, a KOO faz uma rotação equivocada na região de seu red e é cercado pelo resto do time da SKT. Lembra do Faker? Ele deu um teleport nas "galinhas" e abateu o pobre PraY que tomou um knock up da Rek' Sai de Bengi. Nisso, o 3° dragão também foi creditada na conta da equipe até então vencedora. Nesta altura, o placar mostrava 6 x 0 para a SKT. Vantagem esta que foi ampliada com um barão aos 28 minutos, duas kills e a T2 do mid. MaRin forneceu a primeira kill para KurO e a primeira para a KOO, por estar roubando a jungle de Hojin e sendo pego por Smeb e o jungler. Três minutos mais tarde, mais um dragão, contabilizando o 4° buff para o time. O placar apontava 10 x 2 para SKT quando o primeiro inibidor foi derrubado no mid. Faker estava 6/0/4, participando assim, de todas as kills da SKT até então. Foi necessário apenas mais algumas rotações para que, não só o mid laner e Bengi, mas o time da SKT conquistasse o bi campeonato mundial de League of Legends!


Bom, é isso, espero que tenham gostado e deixo meu agradecimento ao Eric "TLN Qno" que me ajudou a lembrar dos bans, porque minha memória de curta duração é tão boa quanto o flash do Faker na parede :(!!

Até mais!!

    (Imagem do ginásio Mercedez-Bens Arena, com público de 17 mil pessoas)







← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial